Sábado, Junho 22, 2024
InícioGoverno do NiassaDia Mundial da Luta contra a Malária - Niassa

Dia Mundial da Luta contra a Malária – Niassa

NIASSA CELEBRA O DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA A MALÁRIA

“QUE CADA UM DE NÓS, ESTABELEÇA O SEU LIMITE NA LUTA CONTRA A MALÁRIA”.

Exortou a Governadora de Província do Niassa, Elina Judite Massengele, quando falava no Povoado de Meripo, Posto Administrativo de Mepica, Distrito de Cuamba, neste domingo (25/4), por ocasião das Cerimónias Centrais do Dia Mundial de Luta Contra a Malária.

“A Malária é uma doença infecciosa que afecta cerca de três bilhões de pessoas, aproximadamente a metade da população mundial, especialmente as que vivem em extrema vulnerabilidade de pobreza. Dos 100% dos casos de Malária no Mundo, 80% ocorre em África, sendo que as mortes que ocorrem por doenças de 90% são causadas pela Malária. Dentre as quais, 78% são crianças menores de 5 anos, embora hajam progressos no combate na esta doença na última década” – disse a Governadora de Província do Niassa, Elina Judite Massengele.

Para a Governadora do Niassa, Elina Judite Massengele, Moçambique em geral e Niassa em particular, tem mostrado extraordinário sucesso nos últimos anos que tange ao combate a Malária, embora persistir grandes desafios para frente, mas é notável avanços significativos.

“Aqui na nossa Província, a Malária ainda constitui um grande problema de saúde pública, sendo a principal causa procura de cuidados primários de saúde e de internamento nos serviços de pediatria. E isso, é preocupante, pois este facto perpetua o ciclo de pobreza, levando ao absentismo nas actividades Produtivas diárias comprometendo a frequência escolar, bem como reduzido a capacidade das crianças de alcançarem o seu potencial máximo” – acrescentou Elina Judite Massengele, Governadora de Província do Niassa.

A malária é uma doença que tem cura e pode ser evitada, “Mas isso, cada um de nós deve estabelecer o seu limite nesta luta, através do uso correcto das redes mosquiteiras no caso da prevenção da Malária e as bicicletas distribuídas irão servir de meios para qie os chefes sensibilizem mais as comunidades mais recôndidas da nossa província” – apelou Massengele.

“Que o sector da saúde e os parceiros continuem a se empenharem nos esforços para reverter este cenário, crescimento de casos em 6% e evolução de obitos de 9,8%, rumo a redução da Malária nas comunidades” – finalizou a Governadora de Província do Niassa, Elina Judite Massengele, com a certeza que juntos, Niassa, vencerá a malária.

De salientar que, a província do Niassa tem registado nós últimos anos uma redução significativa no número de óbitos por malária.

“Zero malária: estabeleça um.limite na luta contra a malária”

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments