Sexta-feira, Julho 19, 2024
InícioSociedadeNiassa se ergue após Ciclone Fredy

Niassa se ergue após Ciclone Fredy

Niassa se ergue após Ciclone Fredy

O ciclone tropical Fredy atingiu a província de Niassa, em Moçambique, em Março de 2023, causando extensos danos à infra-estrutura local e deixando muitas comunidades em situação de crise nos distritos afectados.

No entanto, apesar da devastação inicial, a província de Niassa conseguiu se erguer após a passagem do ciclone.

Após a passagem do ciclone, as autoridades locais e organizações de ajuda humanitária responderam rapidamente para ajudar as comunidades afectadas.

Abrigos de emergência foram construídos, alimentos e suprimentos de água potável foram entregues e as equipes de resgate foram enviadas para resgatar pessoas em áreas isoladas.

Além disso, a província de Niassa também recebeu apoio do Governo de Moçambique e da comunidade internacional para apoiar as famílias afectadas bem como na reconstrução de algumas infra-estruturas danificadas.

Estradas, pontes e edifícios estão sendo reconstruídos, permitindo que a vida volte ao normal nas comunidades afectadas.

A título de exemplo, é a estrada N13 que liga Cuamba – Mandimba que estava interdita devido as chuvas que foi reposta nesta segunda feira, 27 de Março de 2023.

Neste momento, aguarda – se pela diminuição das águas do Rio Lugenda na estrada N14 Majune – Marrupa para restabelecer a conexão entre os dois distritos interrompido devido ao deslocamento do tabuleiro da ponte.

Uma outra estrada que se aguarda pela manutenção, e a de Cuamba – Mecanhelas.

Medidas preventivas a desastres naturais no Niassa

A província de Niassa tem implementado medidas de longo prazo para ajudar as comunidades a se recuperarem do impacto do ciclone.

Isso incluiu a sensibilização da população para evitar se instalar em zonas de risco, construção de infra-estruturas resistentes a mudanças climáticas, promoção da agricultura sustentável, a construção de sistemas de irrigação e a implementação de programas de educação e treinamento para melhorar a resiliência das comunidades em caso de futuras emergências.

Economia renasce

O ciclone Fredy teve um impacto significativo na economia dos distritos afectados na província de Niassa, em Moçambique.

A agricultura é a principal actividade económica na região e muitas colheitas foram destruídas pelo ciclone, causando perdas significativas de renda para os agricultores locais.

Além disso, muitas empresas, especialmente aquelas que operam na indústria do turismo, também sofreram impacto económico negativo devido à destruição de alguns troços de estradas.

No entanto, a província de Niassa implementou medidas para estimular a economia local e ajudar as comunidades a se recuperarem dos impactos económicos do ciclone.

Além disso, a província de Niassa também esta a trabalhar para reconstruir a infra-estruturas danificadas e promover o turismo sustentável na região.

A recuperação económica de Niassa após o ciclone Fredy ainda é um processo em andamento, mas as medidas tomadas pelo Governo e organizações locais de ajuda humanitária têm ajudado a mitigar os impactos negativos do ciclone e a promover a recuperação económica da região principalmente nos distritos afectados.

Embora a passagem do ciclone Fredy tenha causado danos significativos, a província de Niassa conseguiu se recuperar graças ao esforço conjunto das autoridades locais, organizações de ajuda humanitária e comunidades afectadas.

A resposta rápida e eficaz e as medidas de longo prazo adoptadas ajudaram a garantir que a província de Niassa se erguesse novamente após a crise.

Galeria

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments