Segunda-feira, Julho 15, 2024
InícioSociedadeDificuldades de trânsito e falta de meios aéreos podem ditar atraso no...

Dificuldades de trânsito e falta de meios aéreos podem ditar atraso no arranque do Recenseamento Eleitoral no Niassa

Em alguns pontos da província do Niassa, as dificuldades de trânsito e falta de meios aéreos podem ditar o atraso do Recenseamento Eleitoral, que hoje inicia, à escala nacional.

A localidade de Lupilichi no distrito do Lago, Milepa em Mavago, Matondovela e Gomba, em Mecula, são alguns pontos que se apresentam inacessíveis por terra, nesta época chuvosa.

O director provincial do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), no Niassa, António, Ernesto indicou que todas as condições estão criadas para o início do processo, esta sexta-feira, não obstante as referidas dificuldades.

António Ernesto disse que para a cobertura do recenseamento eleitoral foram contratados mil cento e sessenta e quatro brigadistas e agentes de segurança.

Niassa prevê recensear mais de um milhão e onze mil eleitores, incluindo os inscritos no ano passado,  nas seis autarquias da província.

Falando na noite desta quinta-feira, no debate radiofónico Voz do Cidadão desta estação emissora, o Director provincial do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral, no Niassa, assegurou que já existe dinheiro para o pagamento do subsídio aos brigadistas (RM – como fonte).

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments