Domingo, Abril 21, 2024
InícioSociedadeNiassa: MLT doa produtos alimentares em apoio às vítimas do ciclone Fredy

Niassa: MLT doa produtos alimentares em apoio às vítimas do ciclone Fredy

No âmbito âmbito da Sua Responsabilidade Social

𝐌𝐋𝐓 𝐃𝐎𝐀 𝐏𝐑𝐎𝐃𝐔𝐓𝐎𝐒 𝐀𝐋𝐈𝐌𝐄𝐍𝐓𝐀𝐑𝐄𝐒 𝐄𝐌 𝐀𝐏𝐎𝐈𝐎 À𝐒 𝐕Í𝐓𝐈𝐌𝐀𝐒 𝐃𝐎 𝐂𝐈𝐂𝐋𝐎𝐍𝐄 𝐅𝐑𝐄𝐃𝐃𝐘 𝐍𝐎 𝐍𝐈𝐀𝐒𝐒𝐀

Lichinga, 8 de Junho – A empresa Mozambique Leaf Tobaco Limitada, no âmbito do seu programa de Responsabilidade Social entregou manhã da passada quinta-feira (01/06) à Governadora do Niassa, Elina Judite Massengele, dois camiões de produtos alimentares diversos destinados às vítimas do Ciclone Freddy na Província do Niassa.

Na ocasião a Governadora do Niassa canalizou os mesmos ao INGD, para este fazer chegar aos legítimos destinatários.

“Este gesto vai minimizar o sofrimento das populações vítimas que se encontram nos centros de acolhimento e outros nos Distritos de Cuamba, Mecanhelas e Mandimba. Como é sabido, o Governo por si só, não pode conseguir resolver todos problemas da população, daí as nossas as parcerias serem muito importantes, visto serem a extensão da nossa acção de governação, para aliviar o sofrimento, neste caso, de algumas famílias se encontram nos dois centros de acolhimento de (Cuamba e Mecanhelas) onde está em curso o processo de parcelamento de terrenos para o reassentamento” – disse na ocasião, a Chefe do Executivo Provincial do Niassa.

Por seu turno, Edgar Muthambe, Oficial Provincial para Relações Institucionais da MLT no Niassa, disse que “a doação insere-se no âmbito do programa de Responsabilidade Social da empresa, sendo que a entrega destes produtos significa o fim da caravana beneficiária, que teve início na Província da Zambézia, onde a empresa planificou para o atendimento as duas províncias, cerca de 2.800.000,00Mt (dois milhões e oitocentos mil meticais) para aquisição de produtos alimentares, para ajudar as duas províncias, nomeadamente Niassa e Zambézia. Dentre outros produtos, destacamos os 2.150 litros do produto de purificação de água denominado “certeza”, porque a empresa entende que faz-se necessário garantir no consumo de água potável junto as comunidades”.

É de referir que os camiões continham produtos alimentares, nomeadamente, arroz, farinha de milho, açúcar, feijão e certeza, que na ocasião o #INGD, comprometeu-se fazer chegar aos legítimos destinatários com vista a aliviar o sofrimento das famílias assoladas.

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments