Sábado, Junho 22, 2024
InícioSaúdeNampula: Memba e Eráti vão beneficiar de brigadas móveis de saúde

Nampula: Memba e Eráti vão beneficiar de brigadas móveis de saúde

MEMBA E ERÁTI VÃO BENEFICIAR DE BRIGADAS MÓVEIS DE SAÚDE


A garantia foi dada esta quinta-feira (06/10), pelo Oficial de projectos de protecção na Associação ActionAid (AAMOZ) em Nampula, Tayoob Arune durante a visita de cortesia da AAMoz e Agência das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) aos governos distritais de Memba e Eráti.


Para o efeito, a Associação ActionAid Moçambique e Agência das Nações Unidas para Refugiados, já estão a organizar-se para apoiar as famílias deslocadas nos Distritos de Eráti e Memba em questões de protecção o mais breve possível.
Nesta primeira fase, serão garantidas Brigadas Móveis de saúde. Para o efeito, durante a visita, a equipa interagiu com dois grupos de Deslocados Internos, acolhidos no bairro de Afungu, onde foi possível identificar e seleccionar dois pontos focais (uma deslocada e outra da comunidade acolhedora), ao nível daquele bairro.


O apoio da ActionAid e ACNUR será no âmbito do “Projecto Protecção de Deslocados Internos e Comunidades Anfitriãs”.


Durante a visita de cortesia, Benedita Ricardo, Ponto Focal do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD), avançou que parte dos deslocados acolhidos em Memba Sede, vêm da localidade de Chipene, onde estavam a recomeçar a vida após terem fugido de Mocímboa da Praia, tendo perdido quase tudo por conta dos ataques dos insurgentes. A Ponto Focal do INGD, disse haver necessidade de assistência em saúde psicossocial para recuperá-las do trauma.


Benedita, acrescentou ainda que durante o momento de pico (poucos dias depois dos ataques) houve especulação do preço de transporte, onde no lugar de 150 e 200 meticais, os transportadores chegaram a cobrar 600 a 800 meticais, o que obrigou a população a vender os poucos bens (colchões, galinhas e cabritos) que conseguiu levar consigo no momento de fuga.
Acolhidos em Memba Sede, os deslocados clamam pela ajuda e definem alimentação, abrigo e saúde como prioridades.


De referir que Memba conta com 2894 famílias e 15 327 pessoas deslocadas, sendo que 1693 famílias e 9103 pessoas são provenientes de Cabo Delgado.


A visita de cortesia aconteceu no âmbito da visita do Hugo Reichenberger, coordenador nacional do cluster de protecção, com objectivo de avaliar a situação de protecção dos Deslocados Internos nos Distritos de Eráti e Memba.

ActionAidMoçambique como fonte

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments