Sexta-feira, Julho 19, 2024
InícioAgriculturaDPAP realiza o seu 1º Conselho Coordenador rumo a desnutrição crônica zero

DPAP realiza o seu 1º Conselho Coordenador rumo a desnutrição crônica zero

DPAP REALIZA O SEU PRIMEIRO CONSELHO COORDENADOR RUMO A DESNUTRIÇÃO CRÔNICA ZERO.

A Direcção Provincial da Agricultura e Pescas do Niassa, realiza de 17-18/11 de 2022, o seu 1° Conselho Coordenador, sob lema: “por um aumento da produção e produtividade agrária e pesqueira sustentável e inclusiva, rumo a redução da desnutrição crónica” na Província.

No acto da abertura, a Governadora do Niassa Elina Judite Massengele, disse o evento reveste-se de muita importância para a governação, por se realizar numa altura em que a P,rovíncia está a fazer o balanço do meio-termo do Plano Quinquenal do Governo 2020/2024, tendo em conta que o sector desempenha um papel preponderante do desenvolvimento e para o sustento directo da maior parte da população do Niassa.

“Portanto, este Conselho Coordenador, constitui uma oportunidade para avaliarmos o desempenho da Direcção Provincial da Agricultura e Pescas em 2021 e o III Trimestre de 2022, bem como, partilharmos as linhas orientadoras e estratégicas do sector agrário e pesqueiro para a campanha recém-lançada” – disse a Governadora do Niassa.

Segundo a Chefe do Executivo Provincial do Niassa, os temas do 1º Conselho Coordenador do sector agrário do Niassa, irão proporcionar debates e discussões francas e sinceras de modo a que se promova um sector agrário e pesqueiro que contribua no crescimento da economia da Província.

“Aliás, o recente lançamento da campanha agrária 2022/2023, previu o crescimento da população agrícola em 11%, motivos bastantes para um engajamento de todos intervenientes da cadeia de valor agrário” – acrescentou Massengele.

Segundo a Chefe do Executivo do Niassa, o lema do primeiro Conselho Coordenador da Direcção Provincial da Agricultura e Pescas do Niassa, desafia ao executivo a incrementar a produção e produtividade agrícola, “mas também o fomento pesqueiro, através do uso de técnicas e equipamentos sustentáveis, aliada à uma dieta variável. Só deste modo é iremos reduzir os índices de desnutrição crónica em crianças dos 0 a 5 anos de vida na nossa Província, que situam na casa de 43,3%, segundo o inquérito de orçamento familiar”.

Judite Massengele, disse ter certeza que até 2030 Niassa, terá aumentada a produção e produtividade agrária e pesqueira sustentável e inclusiva e irá reduzir desnutrição crónica.

Cep – Niassa

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments