Sexta-feira, Julho 12, 2024
InícioPolíticaManuel de Araújo admite concorrer à liderança da RENAMO

Manuel de Araújo admite concorrer à liderança da RENAMO

Manuel de Araújo admite concorrer à liderança da RENAMO

“DESTAQUE POLITICO: Manuel de Araújo anuncia sua candidatura à liderança da RENAMO”

No presente ano, Moçambique ira vivenciar mais eleições presidências onde, diversos partidos políticos preparam – se para conquistar a tão almejada victória. A RENAMO, não fica de detrás. Portanto, verifica – se no seio do partido, cada vez mais existência de figuras que admitem concorrer para a liderança do partido e consequentemente, concorrer para as presidenciasi de 2024.

Neste sentido, o presidente do conselho municipal de Quelimane, em Moçambique, admitiu, esta quarta-feira (22.06), candidatar-se à liderança da RENAMO a tempo de disputar as eleições presidenciais de 2024, defendendo que o partido deve ser muito mais atuante.

“Se nenhum deles responder, aí eu vou ter que avançar ou vou apoiar outros que respondam a essas perguntas”, afirmou Manuel de Araújo, em entrevista à Lusa, numa altura em que – não tendo sido ainda confirmada a realização de qualquer congresso eletivo na Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO).

No entanto, varias figuras militantes do partido já anunciaram que querem disputar a liderança do maior partido da oposição, num ano em que Moçambique realiza eleições gerais, incluindo para Presidente da República, em outubro. Manuel de Araújo já tinha admitido concorrer ao lugar no passado, como em junho de 2022.

“Se a RENAMO quer manter o epíteto de pai da democracia não basta dizer da boca para fora que é pai da democracia, deve aparecer como pai da democracia. A RENAMO está no mar alto, é um momento decisivo para a história da RENAMO”, alertou o autarca de Quelimane, capital da Zambézia, membro do Conselho Nacional da RENAMO e um dos mais populares militantes do partido.

partido é liderado por Ossufo Momade desde a morte de Afonso Dhlakama, em maio de 2018, mas o mandato dos órgãos do partido, reforça Manuel de Araújo, expirou em 17 de janeiro: “Estão fora do seu mandato, portanto com menos legitimidade”.

Estranha por isso as declarações, este mês, do porta-voz do partido, José Manteigas, que apontou Ossufo Momade como candidato nas eleições gerais de outubro ao cargo de Presidente da República.

26 munícipes da Beira beneficiar bolsas de estudo de Medicina

EP de Melony promete ser um marco na carreira da cantora

Loading

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments